São Paulo Mix Festival

  • IMG_4538
  • IMG_4565
  • IMG_4568
  • IMG_4573
  • IMG_4600
  • IMG_4604
  • IMG_4620
  • IMG_4629
  • IMG_4656
  • IMG_4662
  • IMG_4677
  • IMG_4685
  • IMG_4700
  • IMG_4809
  • IMG_4730
  • IMG_4769
  • IMG_4775
  • IMG_4819
  • IMG_4825
  • IMG_4831
  • São Paulo Mix Festival 2014
  • São Paulo Mix Festival 2014
  • São Paulo Mix Festival 2014
  • São Paulo Mix Festival 2014
  • São Paulo Mix Festival 2014
  • São Paulo Mix Festival 2014
  • São Paulo Mix Festival 2014
  • São Paulo Mix Festival 2014
  • São Paulo Mix Festival 2014
  • IMG_4986
  • IMG_4991
  • IMG_5004
  • IMG_5006
  • IMG_5014
  • IMG_5030
  • IMG_5047
  • IMG_5077
  • IMG_5083
  • IMG_5117
  • IMG_5096
  • IMG_5106
  • IMG_5151
  • IMG_4704
  • IMG_5218
  • IMG_5198
  • IMG_5227
  • IMG_5259
  • IMG_5245

Realizado pelo Grupo Mix, o São Paulo Mix Festival chegou a sua 12ª edição em 2014, depois de uma longa jornada que começou lá atrás, em 1999, recheada de boas recordações, shows incríveis e momentos inesquecíveis. Na história do festival, 680 mil pessoas já curtiram esse evento e mais de 100 shows foram realizados!

Durante essa caminhada, 43 artistas diferentes já subiram ao palco do evento: Yellowcard, Fall Out BoySimple Plan, Charlie Brown Jr, O Rappa, Los Hermanos, Jota Quest, Nx Zero e Pitty. Além do estádio do Pacaembu, o festival já passou pelo Palestra Itália, mas desde 2007 voltou para sua casa original, Arena Anhembi.

Mesmo com o tempo prometendo estragar tudo por completo, a galera não desanimou e começou a lotar a arena pouco a pouco com muita animação – capaz de espantar São Pedro pra bem longe. Acreditem, tinha de tudo: fãs de rap, rock, funk ou até mesmo aqueles que só estavam ali para curtir com os amigos. Com tendas de patrocinadores espalhados por todos os locais, a galera foi começando a entrar no clima e, para aqueles que gostam de desapegar de suas coisas, correram para a tenda da OLX por um único motivo: ao baixar o aplicativo e publicar seu item, você concorria a um ingresso para o backstage do evento (e sim, você tinha 99% de chance encontrar as bandas que participaram do festival e outras celebridades que resolveram conferir tudo de pertinho!!!). Nosso querido apresentador, Caco de Castro, ficou no meio do povão conversando com todo mundo e vendo o que cada um estava desapegando.

Com uma pontualidade britânica, Emicida subiu ao palco exatamente às 14h para a loucura da galera. Considerado uma das maiores revelações do rap nacional, o cantor divulgou canções de seu novo trabalho, “O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui”, com o acompanhamento do DJ Nyack nos instrumentais. Em uma entrevista recente cedida ao MIXME, o rapper disse:

“O São Paulo Mix Festival é um festival grande e você tem aquele sonho de moleque de tocar em um festival assim. Uma das coisas que eu mais fiz nessa vida, talvez, foi colaborar com o Projota.. as pessoas podem esperar uma grande surpresa!”

Dito e feito, além de cantar vários de seus sucessos, como a parceria com Mc Guimê, “País do Futebol”, Emicida chamou ao palco Projota e os dois levaram a Arena Anhembi ao delírio com muitas rimas e críticas sociais.

 

 

Ao perguntar para o público se ele podia deixar Projota no palco para dar continuação ao festival, berros ecoaram pela arena e Emicida deixou o palco… e um sorriso enorme no rosto dos fãs – que sorriam de orelha a orelha. Continuando na mesma pegada, o rap continuou levantando a galera e Projota mostrou que não estava ali de brincadeira e que seu segmento musical tem sim o seu valor. Dentre seus sucessos, ele chamou ao palco Anitta, com quem colaborou na música “Cobertor”, e distribuiu elogios:

Adoro esse cara, ele é parceiro” – disse Anitta

 

 

Logo após deixar o palco, o rapper conversou com o Caco no backstage e disse que iria desapegar de todo seu figurino usado no festival (sapatos, blusa e boné) e tudo isso pela bagatela de R$ 450,00 ! As peças de roupa e assessórios eram incríveis e todo o dinheiro arrecadado no evento seria destinada a uma instituição de caridade!

Anitta fez um show das poderosas ao lado de suas dançarinas e deixou muito marmanjo ba-ban-do. Além de seu novo single, “Na Batida”, a cantora também se arriscou no inglês e fez cover de, ninguém mais, ninguém menos, do que Bob Marley, “Is This Love”. Após encerrado o show, foi a vez da nova sensação brasileira, banda Malta. Além de terem um palco muito mais sofisticado do que os artistas anteriores, os integrantes estavam esbanjando simpatia: era beijinho pra cá, tchauzinho pra lá e, claro, a cada passo perto da galera era possível ouvir garotas histéricas e hipnotizadas por aqueles rapazes (lindos, diga-se de passagem).

 

 

Ah! Claro, e a banda ainda chamou duas garotas fofíssimas ao palco para fazer uma “serenata” (receberam beijinho na mão e tudo!). Ao final, jogaram um boné da banda, palhetas personalizadas e baquetas.. sucesso! Depois, uma grande movimentação no palco começou a acontecer, dava pra saber que a próxima banda não era “apenas mais uma”. Sim, eles, os queridíssimos canadenses da banda Magic estavam prestes a entrar!

Com sua camisa florida, o vocalista Nasri fez questão de interagir com a galera do começo ao fim e arriscou algumas palavras em português. Na verdade, quem domina mesmo a língua portuguesa é o baterista, Alex, que aprendeu a língua por conta de sua ex namorada que era carioca. No dia anterior (Sexta) o Caco teve a incrível oportunidade de entrevistá-los ao vivo no Mix Diário e os meninos disseram que gostariam de conhecer o Rio de Janeiro e Alex complementou dizendo que queria mesmo visitar Salvador… e conhecia Ivete Sangalo! (Magic ft. Ivete Sangalo, por que não? haha).  Com um sorriso estampado do começo ao fim do festival, os integrantes não pararam um minuto: dançaram, pularam, conversaram com o público, fizeram cover… curtiram mesmo o momento, acredite! Pelo o que eu pude notar, a transmissão ao vivo, exibida pela MIX TV, priorizou a voz dos artistas nas transmissões (o que é totalmente certo), então aqui vai um vídeo gravado diretamente do meu celular que mostra que a galera tava mesmo afiada e muito, muito alta no gogó!

 

 

Mas, para quem quiser curtir o show completo, vai aqui uma colher de sopa da tia Marcella (assistam, porque realmente vale muito a pena)

 

 

Em seguida, a atmosfera voltou a ser brasileira e agitou ainda mais a multidão. Jota Quest e sua mega produção subiram ao palco e só cantou sucesso (na verdade, eu não se eles só cantaram sucessos ou se tudo o que eles fazem é sucesso… acho que está mais para a segunda opção). Em uma entrevista recente concedida ao Grupo Mix, Rogério Flausino, vocalista da banda, comentou sobre as expectativas para o festival:

“Estamos empolgados com a ideia de apresentar o novo show “Funky Funky Boom Boom”, ainda que condensado em 50 ou 60 minutos, o que já será uma novidade pra galera. No palco estamos novamente com um naipe de metais (trompete, trombone e sax) que é a galera do “Funk Como Le Gusta” de SP, e também de um coro de backing vocal (Play, Dri Moreira e TiBless), que estão tornando as canções bem mais quentes e swingadas. Trabalhamos também com um DJ de Nova York chamado Babei Drew com o qual criamos diversas batidas, samples e grooves novos que deram nova dinâmica ao show. E o repertório promete ser bem diferente da outra apresentação, pois Só do #FFBB já são três singles bombados! Acho que vai ser massa!!!”

 

Sobre esse show, não tem muito o que falar: a banda é ótima, as letras são sensacionais e deixa muito show gringo no chinelo. Confere aí tudo o que rolou:

 

 

A segunda banda gringa a subir ao palco do São Paulo Mix Festival foi Awolnation, comandada pelo Aaron Bruno. Conhecida pelo seu hit “Sail”que nada mais é do que a segunda música a passar mais tempo dentro da Hot 100, perdendo apenas pra banda Imagine Dragons com a canção “Radioactive”, a banda embalou o público com suas músicas contagiantes, sem covers, apenas com seus singles que bombam mundo a fora.

 

 

Para fechar a noite com chave de ouro, DJ Negralha preparou o clima para O Rappa subir ao palco com tudo – que entrou com toda força cantando a primeira música: “A Todas As Comunidades do Engenho Novo”. A banda liderada por Falcão já é veterana do evento, esta é a 7ª vez no palco do SPMF. Nesta edição o setlist  foi mais do que especial pois foi feito pelos fãs, isto é, oito músicas foram escolhidas por internautas, um show pra quem adora todos os hits dessa banda nacional. 

 

 

 

E foi assim que o sabadão terminou em grande estilo! Bem pra lá da meia noite a Arena Anhembi começou a esvaziar pouco a pouco e a equipe da Rádio MIX e MIX TV com muita dor no corpo de tanto trabalhar. Os #cacunistas marcaram presença e em breve teremos muitas outras coberturas aqui no Blog do Caco que você não vai querer perder, né? Mas e aí, você foi no festival? Curtiu mais o show de qual banda? Poste seu comentário aqui embaixo ou fale conosco pelo Twitter! Ah! E não se esqueça de conferir as fotos que nosso super hiper mega fotógrafo, Hick, tirou com exclusividade para vocês!

Nos vemos em breve!

Marcella

Fale comigo no Twitter

Siga meu Instagram

 

Fonte: MixMe

sobre o autor

Marcella Monteiro
Marcella Monteiro

Apesar de estar cursando Engenharia, sempre foi fascinada por fotografia e todo gênero de música. Engajada em manter as pessoas bem informadas, já se envolveu em diversos sites de notícia e projetos sociais.

Copyright © 2014. Design by Blank